Recomendação do Recanto




"Não subestime o desprezo absoluto das pessoas. Tornar-se um pária não é fácil. As pessoas acreditam que o diabo é Satan. Ignoram que o mundo é muito mais antigo que o cristianismo. Tudo para essas pessoas ignorantes é coisa do “diabo”. E julgam, recriminam e segregam. Ainda que isso seja um pecado diante de Deus. Porém, estranhamente é exatamente esse comportamento hipócrita e preconceituoso que a Igreja incentiva. É tudo tão absurdo. E afinal o que são os pecados? É uma maneira de controle do ser humano, de condená-lo, de inserir culpa pelos seus desejos naturais, de submetê-lo, de castrar seus pensamentos. É tudo tão ridículo."

Entre em contato!



Dúvidas? Opiniões? Ofensas pessoais? Gostaria de trabalhar conosco ou colaborar com suas produções?

Entre em contato!

recanto_do_opositor@hotmail.com

Firefox



Firefox

Satan usa Firefox. Todo o Inferno usa Firefox. Aceite-o como seu único navegador.

Os muitos significados de Satan - o Acusador

Escrito por Recanto do Opositor

E sempre bom pensarmos que as palavras trazem sempre toda uma vasta gama de tradições, história, culturas, enfim. Cada palavra é um mundo a ser descoberto. Naturalmente que nem todos precisam ser filólogos de carteirinha, mas é sempre por pensar nas origens de um termo, de uma palavra, ou até expressão. Não se trata de uma busca vazia, de alguma forma, podem as motivações originais destes deixar seus resquícios até seus respectivos usos atuais, o que ajuda a compreendê-los.

E se estamos falando de todo um sistema religioso, seus símbolos abrigam em si mais do que uma mera origem etimológica, mas toda uma carga simbológica e dogmática. Dogmática não no sentido de absoluto, de inquestionável, mas simplesmente de nos remeter a pontos fundamentais da doutrina da qual estes símbolos fazem parte. E o que poderia no Satanismo ser mais importante que a figura de Satan?

Suas significações são múltiplas, e hoje pretendo pensar um pouco sobre um dos predicativos/títulos/atributos deste arquétipo máximo de nossa religião: o papel de acusador. A despeito de discussões sobre tradução, modificação, interpretação, etc.; quem se propor a estudar a história bíblica, verificará que em um dado momento, que satan aparece na figura de algo como um promotor dentro de um contexto jurídico nos tempos antigos. Pensando na própria correspondência da palavra Satan também encontraremos, dentre opositor, e adversário também acusador.

Mas o que significa isto e qual a importância dentro do Satanismo e sua proposição de conduta?

Para tal, devemos nos remeter a LaVey e suas palavras. Como já disse em outros momentos , no que diz respeito quanto ao tom da BS, há circunstâncias históricas extremamente relevantes a serem levadas em conta. Quando tudo começou, havia uma clara preocupação de LaVey em desconstruir uma série de conceitos cristãos fortemente presentes na sociedade americana, e ocidental como um todo. Tratava-se de uma postura de ataque, de levar às mãos martelos para destruir pedras de tradição e correntes de moralidade. Tudo tende ao equilíbrio: se forte resistência de um lado, muita força do outro.

É neste contexto que é exercido o papel do acusador. Acusar significa apontar o dedo. Acusar significa reconhecer os problemas do outro; e mais do que isto, refletir que isto também se aplica a si. Não se trata nunca de uma crítica gratuita no sentido de diminuir o próximo, mas perceber que aquela atitude se repetida pode me levar a conseqüências indesejáveis. LaVey olhou para aqueles rapazes no parque que olhavam as belas moças e iam no domingo com a família rezar na Igreja e os acusou. Trouxe à tona o lado da moeda que ninguém queria ver.

Eis a postura do verdadeiro acusador.

Sua importância é fundamental, e precisa ser trabalhada em cada momento de nossa vida. Pois acusar é não manter-se calado. É ser detentor de espírito crítico, é não ter medo de mostrar o que alguns não querem ver. Naturalmente, por muitos seremos vistos como inimigos. A tradição não quer quem a questione e ninguém quer movimento. Ser acusador significa estar sempre de olhos atentos para reclamar, falar mal, vomitar de volta ao mundo a escória que ele diariamente nos concede.

Uma postura de questionamento é fundamental, mas mais do que isto, é preciso deixar de lado o sorriso amarelo do conformismo. Talvez fingir ter um por conta de intenções futuras, mas nunca, em momento algum, deixar de acusar. Acuse o próximo, o conhecido, o desconhecido, e, acima de tudo, sejamos capazes de acusarmos a nós mesmos. O arquétipo de Satan manifesta-se em ações não somente de manutenção de valores e de uma segurança feliz que tende a nos deixar inerte; Satan subverte a si mesmo, em prol de si mesmo.

Não se esqueça entretanto de ser discreto quando preciso. O mundo não precisa dos seus gritos de revolta. Sorria para o verme que o cumprimenta, aperte sua mão. Mas não se esqueça quem ele é; e muito menos queira ser como tal. Enquanto promotor no tribunal da vida, ignore quem são os inocentes; não busque aquilo que você deseja ser. Talvez de fato nunca o saberá. Mas saiba do contrário.

6 Comments

  • gravatar
    Comment by Manindoubt

    Oi olá! Boa noite! Ótimo artigo, obrigado por postar. Umas dúvidas: se a palavra Satan vem do Hebraico, porque dentro do Satanismo existem várias ramificações(tipos)? Pensava que Satan se referia somente ao demônio bíblico, mas pelo que ando lendo aqui neste seu site, signficam várias coisas e vários tipos. Espero que não estejam mentindo, porque como se sabe, Satan é o pai da mentira e só existe pra roubar, matar e destruir; e se vocês mentem é porque é próprio do diabo e de seus seguidores satanistas, estou certo ou estou errado? Não estou acusando/ofendendo ninguém aqui do site, cada um faz o que quer da vida e se alguém mente é porque ela tem a sua liberdade de mentir, mas saiba que eu não gosto de mentiras pra me destruir. Fico por aqui, aguardo resposta se possível, tenham uma boa semana, tiau.

  • gravatar
    Comment by Vítor V.

    Não há vários tipos de Satanismo. Há o Satanismo cristão, o religioso, e todo um resto de rótulos infundados que ou não se constituem como um sistema organizado e claramente determinado de idéias ou se apropriam indevidamente do título Satanismo.

  • gravatar
    Comment by Anônimo

    FALA VITINHO, TU FICAVA 24 HORAS NO ORKUT, INCLUSIVE DE MADRUGADA,
    E AGORA VOCE SUMIU? O QUE HOUVE? ENGRAVIDOU ALGUEM?

  • gravatar
    Comment by Recanto do Opositor

    Rsrs.. fato... ficava bastante tempo no Orkut mesmo. Aliás, como qualquer outra pessoa. Nunca deixei de viver por isso.

    Quanto à gravidez, não não, ainda não. Camisinha está aí pra justamente evitar isto. Use você também. ^^

  • gravatar
    Comment by Anônimo

    Reconheço o significado simbólico das palavras, mas acho que Lavey usou Satan mais para dar ibope do que qualquer outra coisa. Claro que ela se aplica também a várias características do satanismo.
    Viva as camisinhas estouradas, se não fosse isso eu não estaria aqui postando, fazendo e falando merda que deixa minha vida feliz. uahshauhsua

  • gravatar
    Comment by Julio Aroni

    Vitor, sou iniciante, ou melhor, já faz um bom tempo que estou tentando me iniciar no caminho satanista, mas é muito difícil tendo em vista cada um apresentar o seu próprio tipo de satanismo dizendo que é o verdadeiro. No meu pobre entendimento sei há o satanismo tradicional, e o satanismo moderno de Lavey. O primeiro crê em Satã como um ser real, um deus, "alguém" como deidade. E o segundo de Lavey prega-o como um arquétipo, um símbolo, ou uma energia interior dentro de cada pessoa. Mas navegando e sites da internet vejo diversas formas diferentes, e pode acreditar, não tem uma que ensine passo a passo para um iniciante "INICIAR" no caminho. Você pode me mostrar por favor a porta de entrada? Como iniciar-me no satanismo, como praticar, qual o tipo de satanismo certo, sem baboseiras, sem encheção de linguiça, algo que possa me satisfazer realmente, sem mistérios de Harry Porter.