Recomendação do Recanto




"Não subestime o desprezo absoluto das pessoas. Tornar-se um pária não é fácil. As pessoas acreditam que o diabo é Satan. Ignoram que o mundo é muito mais antigo que o cristianismo. Tudo para essas pessoas ignorantes é coisa do “diabo”. E julgam, recriminam e segregam. Ainda que isso seja um pecado diante de Deus. Porém, estranhamente é exatamente esse comportamento hipócrita e preconceituoso que a Igreja incentiva. É tudo tão absurdo. E afinal o que são os pecados? É uma maneira de controle do ser humano, de condená-lo, de inserir culpa pelos seus desejos naturais, de submetê-lo, de castrar seus pensamentos. É tudo tão ridículo."

Entre em contato!



Dúvidas? Opiniões? Ofensas pessoais? Gostaria de trabalhar conosco ou colaborar com suas produções?

Entre em contato!

recanto_do_opositor@hotmail.com

Firefox



Firefox

Satan usa Firefox. Todo o Inferno usa Firefox. Aceite-o como seu único navegador.

É preciso também dizer não...

Escrito por Recanto do Opositor

Dentre muitos dos fundamentos do cristianismo e toda a forma de pensamento por ele influenciada, podemos dizer que não são poucos aqueles que, em suas proposições de conduta, dizem para o indivíduo o que não fazer. Já o Satanismo, como um grito de liberdade das amarras morais que não nos levam a nada, senão a uma doutrinação infundada, se revela justamente como a religião do sim. "Você pode isto", "você pode aquilo", "você é capaz para tal", "você é forte para obter o que quer", "trabalhe que seu esforço se bem aplicado será reconhecido", enfim, muitas são as frases de "incentivo" (eu não disse auto-ajuda!) presentes nas entrelinhas do Satanismo, que podem acabar por confundir o ingênuo Satanista, que traumatizado pelos muitos "não faça", acaba por confundir indulgência com descontrole. E bem, por muitas vezes um não faz-se necessário...

E em caminho de descontroles e ausência de negações, chegamos a um determinado ponto no qual há uma divisão de destinos... Cada uma de suas via é repleta de flores, caveiras, cadáveres, virgens nuas, e tudo mais o que você achar legal e atrativo. Sim, como diziam alguns cristãos, o diabo é tentador. Só que como o tio Satan é nosso grande amigo, não convém culpá-lo. O fato é que muitas vezes quando tudo parece muito belo e satisfatório, eis um grande golpe da realidade para nos derrubar... E isto pode ocorrer das mais diversas formas...

A primeira delas, talvez a mais óbvia, é o pecado da auto-ilusão. Como já comentei sobre isto, não cabe falar muito por agora. Reconhecer que quanto mais alto, maior a queda, é um dos exercícios de ação ao qual o Satanista deve dedicar seus maiores esforços. É muito fácil uma religião do eu servir como uma casa de espelhos para o fraco que escolhe a distorção que mais lhe agrada, e passa a contemplá-la, quando na verdade sua forma original permanece exatamente a mesma...

Mas não somente de auto-ilusão fantasiam-se os problemas. Há muitos que definitivamente de ilusão não possuem nada, e você sente cada segundo do tormento como se fosse eterno. E tudo isto, simplesmente por conta de um excesso, por não ter sido capaz de chegar ao equilíbrio proposto pela indulgência. Pode ocorrer com coisas bem simples, como um belo de um porre que lhe custou uma baita de uma dor de cabeça no dia seguinte, ou até o mesmo belo porre, só que lhe custando fotos constrangedoras em roupas/situações/posições em todas as caixas de entrada nos e-mails dos seus conhecidos. Brincadeiras (ou não) à parte, perder o controle poucas vezes nos traz conseqüências agradáveis. E, curiosamente, em tempos de culto ao corpo, de preocupação estética exacerbada, nossas pobres células, tecidos, órgãos e companhia, são os que mais sofrem...

Além de termos de dizer não para nosso ego e corpo, também se faz necessário dizer não às pessoas. Como todo bom Satanista sabe, os vampiros estão à solta! E mais do que deixar de fazer muitas coisas, como pode ser visto aqui; é preciso também evitar um sim aqui e outro acolá. Não saber recuar nas horas necessárias significa expor-se, permitir-se ser "mordido". E olha que retirar esses malditos do pescoço não é tão simples.

Por fim, é preciso refletir um pouco sobre o que LaVey considerou por pecado: falta de perspectiva. Definitivamente não enxergar um palmo além do nariz é a típica postura do tolo, cujo futuro dá-se pelo simples acaso . Entretanto, se devemos temer um ego elevado em demasia, da mesma forma é preciso ter medo também de uma linha de visão excessivamente distante. Isto significa não simplesmente ver o que está a frente, mas querer imaginar o que está mais à frente ainda. E pior, caminhar em direção àquilo que foi visto, mas que na verdade nunca passou de uma miragem. Nossos olhos precisam dizer não. Esperança por vezes confunde-se com uma crença infundada, e se isto for somado a um ego infundadamente elevado, é problema na certa. É um erro comum desconsiderarmos as artimanhas do caos (ou destino) e dizermos sim a desejos que possuem todas as chances de não serem concretizados...

Por tudo isto, caro colega Satanista, ateu, cristão, ou seja lá o que você for, aprenda a dizer não a si mesmo. O grande segredo das maiores satisfações está justamente no equilíbrio, por mais que acreditemos tendermos muito para um lado ou o outro da balança. O velho moralista pesa tanto quanto o adolescente inconseqüente... Se um nunca soube começar, o outro, a hora de parar.

5 Comments

  • gravatar
    Comment by William

    Hummm, me parece um pouco de Budismo. Caminho do meio e tal... É verdade que temos de pensar em nos satisfazermos de uma forma mais ampla não levando em consideração pequenos nãos. mais um grande SIM à auto-estima.
    Belo post garotos, continuem assim.
    Ah, está ficando meio repetitivo a menção de um assuto já discutido que não se pretende falar mais. Tipo, se não querem falar sobre "pecado da ilusão" simplesmente coloquem um link nele, não precisa dizer que já foi explicado...

  • gravatar
    Comment by Vítor Vieira

    Grato pela crítica. Dizer que já foi comentado e colocar um link no meio do texto é apenas uma forma de despertar a curiosidade do leitor para outros conteúdos do site. Esta é uma prática bem comum entre os blogs...

    Mas compreendo seu comentário, agradeço mais uma vez por ele e tentarei contornar esta situação.

  • gravatar
    Comment by Cain

    Hail! Salve Satã!

    Grande Blog guerreiro, ñ tive tempo de ler o blog todo, mas irei ler qd tiver mais tempo.
    Até onde li fui contra alguns e outro e tb fui a favor de alguns e outros. Mas o q vale foi a sua inteção de abrir a cabeça de muito q desconhecem sobre e para outro q se fantasiam ser e infligem a imagem do nosso Ser.
    Está de parabém Grande.

    Eu Cultuo o Neo-Satanismo.
    Ñ sei se vc conhece. Faça um poste sobre ele tb, para o pessoal conhecer. Acho mais interessante q o antigo(Por achar isso ñ é q eu descrimino, aliás eu respeito e muito, somente o meu Chamado foi mais relacionado a este q eu sigo). Ñ é muito diferente, é somente um estilo de vida, praticamente.

    Hail!

  • gravatar
    Comment by Vítor Vieira

    Primeiramente obrigado pelo comentário..

    Com relação ao "Neo-Satanismo", ora, trata-se apenas de mais um rótulo, tal qual "Satanismo moderno", "Satanismo Laveyano", etc. Todos se referem à mesma coisa, ao Satanismo, em diferenciação ao dito "Satanismo Tradicional".

    Eu realmente não vejo qualquer necessidade nesta busca desesperada por rótulos novos, apenas para querer ser diferente. "Neo-Satanismo" não é nada senão mais um, não se trata de um sistema de idéias alheio ao Satanismo que trato aqui no blog, somente mais um título chamativo, nada além disto.

  • gravatar
    Comment by Anônimo

    Eu não costumo postar em blogs, mas seu blog me obrigaram a, incrível trabalho .. lindo ...